Alimentos Saúde

6 Alimentos que Liberam Dopamina e Te Fazem Mais Feliz

Descubra quais alimentos que liberam dopamina e te deixam com gostinho de “quero mais”.

Quem nunca passou por um dia em que, mesmo com tudo indo bem, não consegue se sentir “tranquilo”? Certas vezes, é difícil conseguir simplesmente ficar feliz. O segredo para isso pode estar na comida.

Existe um produto químico produzido no cérebro por neurônios específicos que dá a chamada sensação de recompensa. Isso porque é liberada com o acontecimento de alguma situação prazerosa (exercícios e outros hobbies), com a ingestão de alguns tipos de comida, fazendo a pessoa se sentir bem.

A dopamina está ligada, também, à coordenação motora, pois ajuda no controle dos movimentos voluntários. A deficiência regular de dopamina pode causar Mal de Parkinson e até mesmo a depressão.

Logo, consumir alimentos que ajudam na construção e liberação de dopamina é uma ação saudável. Deve-se apenas ter cuidado para que nada se torne um vício. Afinal, o cérebro buscará repetir as ações para sentir prazer.

Alimentos que Liberam Dopamina

Alimentos que Liberam Dopamina

Carnes e Vegetais Proteicos

Os aminoácidos essenciais e não essenciais são necessários para a produção de dopamina no cérebro. Carnes de todos os tipos (como carne de boi, de frango, peixes e porco) fornecem todos os aminoácidos para esse processo e, por isso, dão prazer mais rapidamente.

Já os vegetais não contribuem completamente para a liberação, mas comer com variedade pode obter o mesmo sucesso e com ainda mais nutrientes.

Frutas

As frutas contêm quercetina e tirosina, importante flavonoide e aminoácido que estimulam fortemente a produção da dopamina.

Naturalmente, o corpo já produz a tirosina, mas ao ser consumida em taxas acima das normais passa a ser usada na formação de neurotransmissores.

Sementes

Consumir sementes (de gergelim, girassol, abóbora são exemplos) também é um bom jeito de adquirir a tirosina em grandes quantidades. O ideal é estar sempre variando.

Outro ponto chave das sementes é que, em sua maioria, são ricas antioxidantes e contribuem para o emagrecimento de forma saudável. Eles protegem os danos que os radicais livres provocam nas células.

Como os neurônios que produzem a dopamina são frágeis a eles, os antioxidantes evitam que a geração do neurotransmissor seja afetada.

Nozes

As nozes como amêndoas, castanhas, macadâmias e avelãs são demais alimentos que fornecem antioxidantes que ajudam o cérebro. Isso porque elas contêm substâncias como selênio e vitamina E.

Soja

A soja é um dos produtos naturais com fenilalanina na composição. Esse aminoácido é um precursor da tirosina cuja função já foi citada aqui.

Isso quer dizer: dentro do corpo humano, ele se serve para a produção da tirosina que serve para a produção da dopamina.

Lácteos

O leite possui diversas proteínas, sais minerais e gorduras. Apesar de, em certas versões, ser altamente calórico, é fundamental o seu consumo numa dieta de baixa diversidade de alimentos.

Suas qualidades indispensáveis incluem a existência da fenilalanina na composição. Uma boa notícia para quem se preocupa em substituir o leite de vaca pelo de soja e vice-versa.

Além do leite puro, opções são os queijos, o chocolate e o iogurte natural. As versões light possuem a fenilalanina de maneira igual.

Se Movimentar para Liberar Dopamina

Pensar em se exercitar pode até ser prejudicial para o humor, porém, se mexer é a forma mais rápida de ativar grandes neurotransmissores e hormônios da felicidade.

A dica principal é buscar algo que seja prazeroso e combine com o estilo de vida de cada um. Ou seja, quem não gosta de recorrer à academia por não se identificar com o local ou outro aspecto, pode se encontrar na dança, na corrida, natação, lutas, etc.

Assim, leva-se uma vida mais feliz!

Dopamina: como melhorar seus níveis em seu corpo. (VÍDEO)

Como Liberar Dopamina no Organismo (VÍDEO)

Veja Também:

6 Alimentos que Liberam Dopamina e Te Fazem Mais Feliz
5 (100%) 1 vote

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.